Operadores
Login

Esqueceu a senha?

BRAMON | Chuva de Meteoros Menor – Eta Carinids
939
post-template-default,single,single-post,postid-939,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,
title

Novidades

Chuva de Meteoros Menor – Eta Carinids

Esta chuva de meteoros se estende de 14 a 27 de janeiro, com máximo no dia 21. Possui radiante sob as coordenadas A.R.:  160º e Dec: -59º. ZHR = 2-3.

Esta chuva foi descoberta por C.S. Nilsson, ainda em 1961, através das observações de rádio-eco do Observatório de Adelaide, Austrália. O radiante à época foi estimado em A.R.: 156º e Dec = -65º e posível passagem nodal em 19 de janeiro.

Os Eta carinids foram novamente notados em 1969, durante uma nova campanha de observação por rádio em Adelaide. desta vez G. Gartrell e W. Elford notaram três meteoros partindo  da região A.R.: 160º e Dec: -63º. os pesquisadores notaram similaridade entre esta chuva e outras reportadas em dezembro e fevereiro. Assim, avaliaram que poderiam integrar uma família de alta inclinação e baixa excentricidade.

Michael Buhagiar foi quem primeiro vez anotações visuais desta chuva. Partindo da campanha de 1969-1980, ele determinou a duração do fluxo de meteoros como sendo de 14 a 28 de janeiro, com um máximo de 1 por hora no dia 21. O radiante ali foi dado como sendo em : A.R.: 163º e Dec = -57º.

Constelação Carina

Membros da Western Australian Meteor Section (WAMS) fizeram excelentes observações em 1979. Com meteoros sendo observados no intervalo  de 14 a 27 de janeiro, partindo de um radiante médio com A.R.: 160º e Dec: -58º. meteoros foram mais numerosos na noite 25/26, quando a ZHR atingiu 1,77+/-0,25. Sob céus de condições ideais (magnitude limite entre 5,5 e 6,5) foram contados 16 meteoros, que geraram um brilho médio em magnitude igual a 3.75 (os meteoros mais brilhantes tinham magnitude 2). Nenhum deixou trilha e todos eram brancos. A chuva foi novamente observada em 1980. Com ZHR igual a 3,03+/-0,23 na noite de 21 de janeiro. Esta chuva foi virtualmente inexistente em anos posteriores.

A BRAMON estará com suas câmeras e estações de rádio dia após dia buscando antigos e novos radiantes. Junte se a nós.

Imagem: Constelação Carinae. ESO, IAU e Sky & Telescope. Licença da imagem CC4.0

Fonte: www.meteorshowersonline.com. Tradução: Lauriston Trindade

Nenhum Comentário

Desculpe, os comentários estão fechados agora.