Operadores
Login

Esqueceu a senha?

BRAMON | BRAMON na IMC 2018 – Parte I
2188
post-template-default,single,single-post,postid-2188,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,
title

Novidades

BRAMON na IMC 2018 – Parte I

Após meses de campanha e contribuição de quase 200 pessoas, a BRAMON conseguiu arrecadar valor suficiente para enviar um representante ao maior evento da Ciência de meteoros, a International Meteor Conference, que este ano aconteceu em Pezinok, Eslováquia.

Enquanto as campanhas públicas seguiam, nos bastidores tínhamos que organizar a viagem. Compra de passagens, hospedagem, sincronizar decolagens e aterrissagens, chegadas e partidas de trens. Tudo para minimizar custos e tentar tornar a viagem o menos cansativa possível.

Assim, como no ano passado, Lauriston Trindade foi escolhido como representante. os fatores que contribuíram para escolha envolveram disponibilidade de tempo, experiência com a conferência anterior (Petnica, Sérvia), envolvimento nos dois trabalhos a serem apresentados este ano e comunicação.

As inscrições foram feitas dentro do tempo hábil e contavam de lecture: Encontreitor: a new approach to meteor shower research software de Leonardo Scanferla Amaralil,Carlos Augusto Di Pietro Bella, Lauriston Trindade, Marcelo L. do P. Villarroel Zurita  e Carlos Fernando Jung. Também teríamos o poster: The first confirmed lunar impact flash observed from Brazil de David Duarte C. Pinto, Lauriston Trindade, Marcelo L. do P. Villarroel Zurita, Romualdo A. A. Caldas e Marcelo Domingues. Os dois trabalhos foram aceitos pela comissão organizadora e era hora de dar um gás nos detalhes, quer não eram poucos. Divididos entre campanha financeira, produção normal da BRAMON, atividades de divulgação científica, vida pessoal, roteiro da viagem, escrita dos trabalhos, era muita coisa para fazer. E aos poucos conseguimos fazer tudo.

O roteiro começou na segunda (27 de agosto). A primeira perna da viagem foi feita entre Fortaleza e o Rio de Janeiro.

Imagem a partir da decolagem em Fortaleza (27/08/18)

Após um atraso na decolagem de duas horas e conexão no RJ por cinco horas, foi iniciado o voo para Amsterdam. Seriam 11h30min no voo oceânico. A chegada se deu as 14h30min (UTC +2). Seis horas de conexão e novo voo de duas horas para Budapeste. Chegada lá às 22h30min. Taxi para o hotel. Check-in feito por volta de zero hora do dia 29 de agosto. Esta etapa foi de 36 horas (já contando com a mudança de fuso horário).

O início do dia 28 de agosto foi sobre a África, em Bissau.

Entrada do porto de Amsterdam (28/08/2018)

Houve então uma pausa de um dia em Budapeste. A viagem foi retomada na manha de 30 de agosto. Às 11h41min do dia 30 de agosto, foi tomado um trem para Bratislava.

Visão de Budapeste a partir do Bastião dos Pescadores (29/08/2018)

Painel com os horários de trem saindo da Estação Nyugat, em Budapeste (29/08/2018).

Duas horas e meia depois, já estava na capital da Eslováquia, na Hlávna Stanica. Dali, mais um trem, desta vez para Pezinok. E foi chegar na estação e seguir a pé pela cidadezinha até a hospedagem na Penzión Pod Kláštorom. Cheguei na pensão às 16h12min. Fazer check-in, desfazer parcialmente a mala, tentar comer alguma coisa e seguir para o Hotel Rozálka, local da Conferência.

Hlávna Stanaci, em Bratislava. Aguardando o trem para Pezinok.

Vista da Estação de Pezinok, em 29/08/2018.

Vista do Museu da cidade, em Pezinok.

Local da Conferência Internacional de Meteoros (Créditos da imagem: IMC 2018)

Imediatamente à chegada no hotel, era confirmar presença com check-in e receber o material informativo. As atividades iniciariam na Lecture Room às 18h.

Havíamos conseguido. Com a ajuda de muita gente, estávamos novamente representando o Brasil na maior conferência da Astronomia de meteoros. (130 participantes, 28 países, 46 apresentações em formato “lecture” e 29 posters).

Texto e Edição: Lauriston Trindade*. Imagens: Lauriston Trindade/BRAMON e IMO/Divulgação.

*Lauriston Trindade é técnico Químico. Graduando em Física pela UECE, integra a BRAMON desde 2015. Co-descobridor de chuvas de meteoros, é Membro da International Meteor Organization (IMO).

Nenhum Comentário

Desculpe, os comentários estão fechados agora.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Google+
http://www.bramonmeteor.org/bramon/bramon-na-imc-2018-parte-i">
Twitter