Operadores
Login

Esqueceu a senha?

BRAMON | Campanha de Observação de Impactos Lunares
1824
page-template-default,page,page-id-1824,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,
title

Campanha de Observação de Impactos Lunares

Diariamente o planeta Terra é bombardeado por detritos vindos do espaço. Dezenas de toneladas de material atingem sua atmosfera, sendo que parte deles podem ser vistos na forma de meteoros e, em alguns casos, chegar ao solo na forma de meteoritos. Na Lua não é diferente, rochas espaciais podem atingí-la a qualquer momento, porém, sem uma atmosfera, o impacto se dá diretamente na superfície gerando flashes comumente chamados de TLP, Transient Lunar Phenomenon (Fenômeno Lunar Transiente).

Durante as chuvas de meteoros, a probabilidade de se observar um TLP aumenta consideravelmente, e foi durante uma dessas chuvas, a Geminídeas do ano de 2017, que foi realizada a Campanha Nacional de Observação de Impactos Lunares, que teve por objetivo monitorar a superfície lunar no dia do pico da chuva a fim de detectar possíveis impactos de meteoróides em sua superfície.

A partir do sucesso dessa primeira experiência, que registrou o primeiro impacto lunar confirmado no Brasil, a BRAMON resolveu realizar campanhas de observação sempre que as condições foram favoráveis, convocando os astrônomos amadores e profissionais do Brasil a coletar dados em busca de novos impactos.

Para o ano de 2018, foram programadas 3 campanhas:
Lirídeos – Noites de 21 e 22 de agosto (Veja chamada da campanha) – Horário: Do anoitecer até o desaparecimento da Lua no horizonte.
Perseidas – Pico da chuva
Orionídeos – Pico da chuva

Toda a comunidade astronômica está convidada a participar das atividades da campanha, sendo muito simples capturar as imagens da Lua que são usadas na busca por impactos. Basta possuir um telescópio com guiagem, uma câmera que possa ser ligada a um computador e fazer filmagem (ccd astronômico, câmera da vídeo, DSLR, webcam, câmera de segurança, etc).

Para saber como fazer e analisar as observações, acesse o FAQ da campanha.

Para se cadastrar, acesse o formulário.

Qualquer dúvida, entre em contato conosco: bramon@bramonmeteor.org

Para ver os resultados da primeira campanha de observação, realizada em dezembro de 2017, assista o video abaixo:

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Google+
http://www.bramonmeteor.org/bramon/campanha-de-observacao-de-impactos-lunares">
Twitter