Superbólido no Rio Grande do Sul

Tempo de leitura: 2 min

Bólidos e FireballsDestaques

Written by:

Um superbólido foi registrado no Rio Grande do Sul e Santa Catarina pelas câmeras da BRAMON, Clima ao Vivo e Observatório Heller & Jung no início da madrugada do dia 1° de outubro de 2020. Confira o vídeo:

Um superbólido é um meteoro super luminoso, que brilha mais intensamente que a Lua cheia. No caso desse registrado no Rio Grande do Sul, ele brilhou tanto que em algumas localidades, a noite “virou dia” por alguns instantes. Os relatos enviados por moradores da região dão conta que postes de iluminação pública chegaram a desligar.

Trajetória

Análises preliminares, feitas a partir da triangulação dos vídeos, permitiram traçar a trajetória do superbólido. Ele começou a brilhar a cerca de 89,5 Km de altitude sobre a Zona Rural a Leste de Caxias do Sul e seguiu na direção norte, a 16,9 Km/s (60,9 mil Km/h) em um ângulo de entrada de 44° em relação ao solo. Durante 6 segundos, o meteoro brilhou intensamente, superando facilmente o brilho da Lua Cheia até sua explosão final e extinção a 22 Km de altitude sobre o município de Vacaria, também no Rio Grande do Sul.

Trajetória Preliminar do Superbólido - Créditos: BRAMON

Trajetória Preliminar do Superbólido – Créditos: BRAMON

A BRAMON está coletando relatos e imagens através do formulário bramon.imo.net para auxiliar na análise do caso.

 

Comments are closed.