Operadores
Login

Esqueceu a senha?

BRAMON | Marcos Calil fala da Bramon no site Climatempo
222
post-template-default,single,single-post,postid-222,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,
title

Novidades

Marcos Calil fala da Bramon no site Climatempo

Os céus de Recife, capital de Pernambuco, se iluminaram com uma luz azulada na noite de 15 de outubro de 2014. Não havia chuva e nem raios. O que foi o clarão azul no céu que foi avistado também por pessoas em Alagoas e em Recife?

Marcos Calil, professor e astrônomo, comenta que não houve registros de bólidos capturados pelas câmeras do BRAMON (grupo de monitoramento de meteoros no Brasil). Porém, conversando com Leandro Barbosa, um dos membros participantes do BRAMON, a conclusão foi que:

– O fenômeno que ocorreu aqui em Recife foi coisa de 3 a 5 segundos.

– Foi um clarão azul. Um meteoro com o nucleo azul (da cor de Sirius) com um rastro vermelho.

– O objeto passou mais ou menos na direção azimutal de 300º

Conclusão: possivelmente um bólido ou meteoro, que pode ser proveniente da chuva Orionids.

Nas palavras de Marcos Calil “essa chuva (de meteoros) promete muito alarde!”.

Aqui, a meteorologista Josélia Pegorim conversa com o professor Marcos Calil que explica também a diferença entre um bólido e um meteoro. Fique sabendo mais sobre a chuva de meteoros Orionids, o que é uma “bola de fogo” e muito mais! A chuva de meteoros Orionids é a primeira de três eventos deste tipo que estão sendo esperados pelos astrônomos.

Fonte: Climatempo

Nenhum Comentário

Desculpe, os comentários estão fechados agora.