Operadores
Login

Esqueceu a senha?

BRAMON | Fantástico grupo de meteoros registrado no Maranhão
2861
post-template-default,single,single-post,postid-2861,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,
title

Novidades

Fantástico grupo de meteoros registrado no Maranhão

Um raríssimo agrupamento de meteoros foi registrado na madrugada do dia 26 de Junho a partir da Estação BRAMON EMM2/MA administrada por Edgar Merizio em São José do Ribamar, no Maranhão. Foram pelo menos 9 meteoros registrados simultaneamente em menos de 1 segundo, todos paralelos entre si. Agrupamentos de meteoros como esses são originados de um mesmo meteoroide que se partiu antes da sua entrada na atmosfera. Geralmente essa fragmentação ocorre algumas horas, talvez dias antes do seu encontro com a atmosfera terrestre.

Existem várias possíveis origens para a fragmentação que origina um agrupamento de meteoros como esse. É possível que os meteoroides tenham se originado de uma ejeção recente de um cometa ou asteroide passando próximo à Terra, pode ter sido um meteoroide pouco coeso que tenha sido fragmentado pela colisão de uma micro partícula, ou ainda, pode ter se originado de um meteoroide com material volátil em sua composição que tenha sido vaporizado por ação do Sol, dispersando os fragmentos rochosos pouco antes de seu encontro com a Terra.

Agrupamentos de meteoros já haviam sido registrados anteriormente, a maioria deles, durante os surtos da Chuva de Meteoros Leônidas no início desse século. Este registrado por Edgar, se mostra um tipo muito raro de agrupamento registrado fora do período de uma grande chuva e seu radiante preliminarmente calculado não parece pertencer à nenhuma chuva de meteoros conhecida.

Agora este registro já está sendo bastante estudado para que sejam determinadas suas possíveis origens. Registros como estes, além de sua beleza e raridade, sempre ajuda a ciência a conhecer ainda mais sobre a dinâmica desses pequenos corpos do sistema solar.

Nenhum Comentário

Desculpe, os comentários estão fechados agora.